Detalhes da notícia

Seminário terá coleta de resíduos eletrônicos

Cooperativa Socioambiental Paulo Freire será parceira na ação

 
Este ano, o Cidade Bem Tratada vai contar mais uma vez com a parceria da Cooperativa Socioambiental Paulo Freire na coleta de resíduos durante o evento. Em 2018, foram arrecadados 82kg de eletrônicos e 134 kg de papelão, utilizado na ambientação, durante os dois dias de coleta na 7ª edição do seminário.
 
De acordo com o coordenador da Cooperativa, José Luis Cardoso da Silva,  a separação dos resíduos  é  manual. “São descaracterizados todos os resíduos eletrônicos coletados, transformando-se em materiais recicláveis, como plástico, ferro, fios, placas, alumínio, cobre. Alguns são materiais de reuso, que depois de consertados voltam a ser utilizados”, explica.
 
O que são resíduos eletrônicos:
 

• gabinetes/CPUs;
• notebooks/ acessórios;
• celular e acessórios;
• monitores/ CRD/ LCD;
• copiadoras/ scanners;
• telefonia/ fax/ cabos/ fios, entre outros

Esses materiais podem conter metais pesados com alto poder de contaminação, como chumbo, bromo, mercúrio e cádmio. Quando corretamente descartados, porém, diversos componentes são reutilizados, evitando a poluição, a extração de recursos naturais e dando destino mais nobre aos equipamentos.
 
A destinação adequada de resíduos eletrônicos é um dos grandes problemas que as cidades enfrentam. Com os avanços tecnológicos e o impulso consumista, aparelhos de TV, celulares, tablets, computadores e periféricos em geral ficam rapidamente obsoletos e são descartados no lixo comum.
 
E onde vai parar tudo isso? Em vários casos, em lixões e aterros, sem qualquer separação para reciclagem.
 
A Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), entretanto, indica que a responsabilidade pela logística reversa é das próprias empresas fornecedoras desses equipamentos, que precisam desenvolver estratégias de retorno tanto de embalagens como dos próprios eletrônicos. Ao município cabe o papel de fiscalizar e estabelecer as regras.
 
Poucos municípios, porém, têm políticas voltadas para o recolhimento e triagem dos resíduos eletrônicos. Em Porto Alegre, além do trabalho da Cooperativa Paulo Freire, que faz coleta itinerante e em ponto fixo (na Avenida Voluntários da Pátria, 2552), há outras Unidades de Destino Certo. A lista completa está neste link
 
Quer participar do 8º Seminário Cidade Bem Tratada? Faça sua inscrição.