Detalhes da notícia

O momento é de acompanhar o movimento da Covid-19, mas trabalahndo para o CBT 2020

 

Nós, da equipe de organização da 9ª edição do Seminário Cidade Bem Tratada - CBT 2020, queremos registrar a nossa solidariedade com o momento desafiador que toda a sociedade está passando, devido a disseminação do Covid-19. A hora é de reclusão e de acompanhar as notícias sobre o coronavírus, bem como as formas de prevenção e a evolução de cura. Nesse sentido, lidamos com um cenário delicado, mas entendemos a importância de preparar a nona edição CBT 2020 buscando trazer luz às questões que afetam a qualidade ambiental, mostrando que casos como este que estamos vivendo nos convidam a refletir sobre nosso modo de vida e de relacionamento com os ecossistemas.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - PNUMA, reconhece que esta epidemia é um reflexo da degradação ambiental. Em estudo recente, observa que as doenças transmitidas de animais para humanos estão crescendo e agravando nossa saúde à medida que os habitats naturais são destruídos pela atividade humana. Para prevenir e limitar as zoonoses, várias ameaças aos ecossistemas e à vida selvagem precisam ser abordadas, incluindo redução e fragmentação de habitats, comércio ilegal, poluição e proliferação de espécies invasoras e, cada vez mais, mudanças do clima, diz o estudo.

O Seminário Cidade Bem Tratada, que é realizado desde 2012 em Porto Alegre, RS, tem trazido um panorama atualizado sobre a situação das águas, das energias renováveis e resíduos sólidos, com ênfase na implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Nesta 9ª edição, queremos provocar a reflexão a respeito do impacto desses temas sobre a biodiversidade, entendendo que esta é condição para a saúde plena e integral. Iremos enfatizar os desafios atuais e as oportunidades observados por quem vivencia esses assuntos, apontando perspectivas de como criar ambientes mais saudáveis e mostrando iniciativas eficazes nestas áreas.

O CBT 2020 está previsto para ser realizado no dia 04 de novembro. Estamos atentos, conscientes e cautelosos. Acreditamos na adaptação como estratégia de resiliência, por isso, convidamos vocês a seguirem conosco na promoção deste importante debate. A saúde humana e a do planeta é uma só. Vamos nos cuidando e acompanhando os acontecimentos, no intuito de manter nossa conexão.

 

Beto Moesch

Coordenador Geral do Seminário Cidade Bem Tratada

Presidente da Fundação Mata Atlântica e Ecossistemas