Detalhes da notícia

Pela segunda vez realizada de forma virtual, em função da pandemia da Covid-19, a décima edição do Seminário Cidade Bem Tratada acontece no próximo dia 17 de novembro, de forma gratuita. “Traremos para o debate fatos reais de quem realmente faz acontecer na gestão de resíduos sólidos, águas e energias renováveis”, celebra o idealizador e coordenador do evento, o advogado e ambientalista Beto Moesch.

O Seminário irá tratar de temas que podem tornar uma cidade bem tratada: gestão dos resíduos sólidos, Saneamento Básico, energia e transporte, Pagamento por Serviços Ambientais, entre outros (http://www.cidadebemtratada.com.br/programacao.php). Os painéis serão apresentados por especialistas e protagonistas nas áreas a serem abordadas, considerados referência na relação com a cidade, sem deixar de abordar os impactos e as ameaças relacionadas às mudanças climáticas





Práticas

A Cidade e sua Relação com a Natureza: Simbiose necessária para a sustentabilidade e diante as mudanças climáticas é o primeiro painel do Seminário e irá apresentar experiências exitosas, como a de implantação de Unidade de Conservação do Morro São Pedro em Porto Alegre, de urbanização dialogando com a natureza e as cidades no Século XXI, e a experiência com Pagamentos por Serviços Ambientais.

No painel A Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Novo Marco Regulatório do Saneamento, as experiências a serem apresentadas revelam os desafios enfrentados pela Associação Brasileira da Indústria do Vidro (Abividro), em especial na promoção da logística reversa do vidro; do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, sobre auditora pública externa com atuação na área de saneamento ambiental; do Ministério Público Estadual, que vai falar sobre sua atuação; e o caso da Cooperativa Reciclo, de Brasília, cuja Organização dos Catadores trabalha com a coleta de embalagens.

Desafios

São muitos os desafios a serem enfrentados por todos, seja indústria, serviços, agropecuária, ensino e por toda a sociedade. Diante da crescente geração de passivos ambientais, é importante nos adequarmos, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa geradas pelas energias fósseis e o desmatamento, entre tantas outras atitudes que podem evitar ou amenizar as projeções de “caos climático”, apresentadas a partir do alerta do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima (IPCC) em agosto deste ano (https://news.un.org/pt/).

“É preciso defender uma cidade bem tratada que precisa, mais do que respeitar a natureza, dialogar e entender que a melhor tecnologia para cuidar da cidade é a própria natureza. Precisamos urbanizar nossas cidades, respeitando a mata ciliar, a vegetação das encostas e dos topos de morros, e termos praças com muita arborização, entre outras iniciativas”, conclama Moesch, ao afirmar que “é a natureza que nos dá a resposta para os grandes problemas das cidades”.

E é isso que o Seminário Cidade Bem Tratada se propõe: debater com especialistas, que acreditam e fazem muito em relação a esses temas, e que muito têm para contribuir com o Seminário e com o desenvolvimento sustentável de nossas cidades.

Bem-vindos ao Cidade Bem Tratada!

Acompanhe nossas redes e confira os apoiadores no http://www.cidadebemtratada.com.br/patrocinio-apoio.php

Site: http://www.cidadebemtratada.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/seminariocidadebemtratada
Instagram: https://www.instagram.com/cidadebemtratada/?hl=pt-br
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/semin%C3%A1rio-cidade-bem-tratada-30026b1a0/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCfQyh4qpJfdq6_mBzR7ILfA

Assessoria de Comunicação do Cidade Bem Tratada
Jornalistas Adriane Bertoglio Rodrigues e Wesley Andriel
Fones/whats 51-99813-1785 e 51-99776-4926